Parceria SANDALIARIA x GOÓC

Siga a Sandaliaria
Home
Parceria SANDALIARIA x GOÓC
Parceria SANDALIARIA x GOÓC


Sandaliaria inicia parceria com a GOÓC


Em reunião realizada na sede da SANDALIARIA, a GOÓC através do seu CEO e fundador Thai Quang Nghia, iniciaram parceria onde as famosas sandálias de pneu reciclado e a linha de acessórios e Bolsas/Mochilas de Lona, fará parte do MIX de produtos da franquia.

A GOÓC terá um link no INTRANET da empresa, onde os franqueados poderão fazer seus pedidos pela plataforma já utilizada para compra dos insumos para personalização, assim como de outros fornecedores parceiros.

Essa parceria faz parte da politica da SANDALIARIA de trazer a seus franqueados as melhores condições do mercado, através do INTRANET não há necessidade da visita de representante, o que reverte a nosso franqueado melhores condições de custo no produto.

" Temos uma franquia flexivel, onde nossos franqueados podem adequirir os produtos multimarcas de onde consiga melhores condições, as empresas parceiras que estão em nosso INTRANET é apenas mais uma ferramenta para facilitar a vida de nosso franqueado, casos como o da GOÓC, ajuda nosso franqueado a adequirir os produtos diretamente da industria e com as melhores condições do mercado. Nossa intenção é de trazer a maioria ou a totalidade dos fornecedores homologados para dentro dessa Plataforma on-line."  Rodrigo Deotto CEO SANDALIARIA.


GOÓC


O produto é o meio e o fim é a mensagem.

A frase acima sintetiza com propriedade o conceito da marca Goóc, e nem poderia ser diferente, Thái Quang Nghiã, dono da frase e fundador da Goóc, traz o espírito de liberdade dentro de si. Sua história, diversas vezes retratada em entrevistas, é repleta de lutas e superações, e esse repertório é traduzido todos os anos nas coleções das Sandálias de Pneu Reciclado da marca.

Para entender o que está por trás dos produtos da Goóc, vale a pena conferir a história do vietnamita que foi resgatado em mar aberto, tornou-se empreendedor de sucesso no Brasil e quer garantir que os ganhos da empresa sejam divididos com o país que o acolheu.
 

http://www.youtube.com/watch?v=IoXOBS1RK7Y